Restauração da Estação Férrea Nova Vicenza vai transformar espaço em encontro de lazer e cultura

Foi dado início as obras de restauração da Antiga Estação Férrea, Nova Vicenza, na rua Nataly Valentini, Bairro do Parque, em Farroupilha. Com o objetivo de unir história, cultura e economia em um mesmo espaço, o projeto começou a ser planejado em 2016, a partir de uma iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Farroupilha, e está se tornando realidade por meio do patrocínio de diferentes empresas da região, com o financiamento do Pró-cultura RS/ Governo do Estado do Rio Grande do Sul e apoio da Prefeitura Municipal.

A antiga Estação Férrea Nova Vicenza, referência histórica para o Município, receberá um Centro de Atendimento ao Turista, um Memorial, uma Biblioteca e um Bistrô. Além disso, está planejada uma segunda etapa com um anexo para receber ainda mais atividades culturais para a comunidade.

O projeto ainda prevê uma série de oficinas voltadas para a preservação do patrimônio histórico, que serão ministradas gratuitamente e direcionadas para alunos e professores da rede pública de ensino da cidade.

A Estação Férrea Nova Vicenza fez parte de um trajeto que ligava os Municípios de Montenegro a Caxias do Sul e foi inaugurada em junho de 1910. A Estação possui uma ligação muito forte com a própria criação do município de Farroupilha que ocorreu em 1934, uma vez que sua construção contribuiu para o desenvolvimento demográfico na região. No final de 1970 o trem deixou de circular pela região, embora oficialmente a linha não tenha sido extinta. O prédio, tombado pelo Município, ainda preserva seu valor histórico-cultural e foi alvo de depredações ao longo dos anos.

O restauro do prédio da Antiga Estação Férrea, bem a revitalização de seu entorno, contam com projetos aprovados nas Leis Estadual e Federal de Incentivo à cultura que permitem aos patrocinadores o abatimento de impostos e seguem com possibilidade de captação.

 

Foto: José Theodoro