Acordo deve possibilitar que Farroupilha siga usando o nome Festival do Moscatel

Garibaldi teve no último dia 03 de setembro, deferido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI),  responsável pela concessão de registros, marcas e patentes o pedido de registro da marca “Festival do Moscatel”. O uso deste nome com exclusividade tem validade até o ano 2029.

Com o deferimento, Farroupilha, que realiza anualmente o Festival do Moscatel, não poderia mais utilizar a marca no seu evento. Na  quinta-feira passada o secretário municipal de Turismo e Cultura de Farroupilha, Francis Casali, esteve reunido com o prefeito de Garibaldi Antonio Cettolin e tranquilizou a todos  informando que vai haver um acordo para Farroupilha seguir usando o nome em seu festival.

Casali, disse que o prefeito Cettolin vai reunir  nos próximo dias com o setor vitivinícola de Garibaldi para encaminhar uma solução. Outra possibilidade, segundo o secretário, seria recorrer da decisão, visto que existe um prazo de seis meses para isso. Ele entende, no entanto que não será necessário chegar a esse extremo porque  o prefeito de Garibaldi demonstrou todo interesse em chegar a um bom termo sobre a situação.

Casali disse lamentar que alguns segmentos queiram semear a discórdia entre os municípios e atrapalhar o trabalho de integração que está ocorrendo na região visando o desenvolvimento harmônico do turismo regional. Ele lembra que Farroupilha e Garibaldi estarão juntos no mesmo espaço no dia 07 de novembro próximo durante o Festuris que ocorre em Gramado.

Ouça entrevista com o secretário Municipal de Turismo e Cultura de Farroupilha, Francis Casali:

 

Foto: Marciele Scarton/Imediata Comunicação