Após atraso na entrega, larvicida contra o mosquito borrachudo começa a ser aplicado em Farroupilha

Entre os dias 17 e 21 de dezembro os líderes das comunidades receberam o larvicida BTI. O produto age no controle do mosquito borrachudo nas comunidades do interior de Farroupilha. A aplicação já está sendo feita, sendo que a primeira dose foi depositada nos rios no dia 22 de dezembro, a segunda será no dia 05 de janeiro e a última em 19 de janeiro. O produto não era entregue desde o mês de abril de 2018. Ao todo são 800 litros do larvicida, divididos entre 47 comunidades da zona rural.

De acordo com o representante do Departamento de Simulídeos – divisão dentro do Departamento de Controle e Proteção Animal –, Juelci de Souza, a demora na entrega ocorreu devido a um projeto que foi solicitado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente. Com isso, o município teve que desenvolver um projeto, expedir para a 5ª Coordenadoria de Saúde de Caxias do Sul, onde foi delegado para o Meio Ambiente e este pôde dar a autorização para a entrega do larvicida.

O projeto previa que o município fizesse um levantamento de toda a área rural, com o mapeamento dos rios, córregos, das sangas e vertentes, e também que tivesse conhecimento de possíveis focos e criadouros do mosquito borrachudo.

 

Redução no número de borrachudos

O produto distribuído pela Prefeitura de Farroupilha elimina somente as largas do mosquito borrachudo, não o mosquito adulto. Após as três aplicações, a redução no número desses insetos deve ser de 60%. Segundo Juelci, o Departamento deve iniciar neste ano uma pesquisa de campo, a fim de levantar números dos locais que possuem a maior presença do borrachudo. Com isso, a equipe poderá organizar a distribuição do BTI de acordo com o número de mosquitos em cada área do município.

 

Foto: Prefeitura de Farroupilha/ reprodução internet