Bolsonaro é convidado para inauguração da planta de produção de grafeno na UCS

O reitor da  Universidade de Caxias do Sul, Evaldo Kuiava, entregou nesta quarta-feira  o convite  ao presidente da República Jair Bolsonaro para a inauguração da planta fabril de produção de grafeno na UCS, prevista para ocorrer no dia 14 de março, no Campus-Sede da Instituição.

Integrando o Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade – TecnoUCS, a UCS Graphene será a primeira planta de produção de grafeno em escala industrial da América Latina.

O reitor  Evaldo Kuiava, conta que, conforme o cronograma, a nova estrutura na Universidade já está em fase de testes e, a partir do início de seu funcionamento, no mês de março, terá capacidade de produzir 500 quilos do material ao ano, considerado o principal recurso da atualidade para aplicações em alta tecnologia.

A UCS desenvolve pesquisas relacionadas ao grafeno e suas aplicações desde 2005. Obtido a partir do grafite, é o material mais leve e resistente que existe, com altíssima condutividade térmica e elétrica. A produção em nível industrial ofertará soluções avançadas para as necessidades das empresas locais, modernizando e estendendo a matriz econômica regional.

Em Caxias do Sul, já se pesquisa a possibilidade de uso da matéria em capacetes, coletes à prova de bala e tintas.

 

Fotos: Marcos Corrêa / Presidência da República/Divulgação