Campanha de vacinação contra a gripe começa dia 23 de abril para o grupo de risco

A vacina contra a gripe começa a ser aplicada em Farroupilha no dia 23 de abril, segunda-feira, em todas as Unidades Básicas de Saúde do município. Nesta primeira etapa, somente as pessoas que integram o grupo de risco serão imunizadas. O horário de atendimento é das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h. O dia de intensificação, o chamado Dia D, em que equipes da saúde vão percorrer os bairros e comunidades para a aplicação da vacina, já está agendado para o dia 12 de maio.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Farroupilha, Paulina Guisso, a expectativa para este ano é imunizar cerca de 90% das pessoas que pertencem aos grupos de risco, exceto os portadores de doenças crônicas. Ela também lembra que as pessoas que fizeram a vacina no ano passado, devem aplicá-la novamente.

“A vacina deste ano tem imunização para três vírus da gripe, que é o H1N1, H3N2 e o tipo B. O H3N2 e o tipo B são dois vírus novos que vão circular neste inverno causando gripe”, informa a coordenadora.

Os grupos de risco são os seguintes:

  • Trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade;
  • Crianças de seis meses a menores de cinco anos  – apresentar carteira de vacinação;
  • Gestantes independentemente da idade gestacional;
  • Puérperas até 45 dias após o parto – carteira da gestante ou certidão de nascimento do filho;
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Indígenas;
  • Pessoas entre cinco a 59 anos portadoras de doenças crônicas – obrigatório apresentar receita médica com CID no ato da vacina;
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • Adolescentes jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa;
  • Professores das escolas públicas e privadas – apresentar documento como: contracheque ou uma declaração da diretoria da escola dizendo que o professor é da escola.
  • Portadores de Doenças Crônica: doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias – devem estar munidos de receita médica com CID.

Os idosos acamados com impossibilidade de locomoção que estão cadastrados no Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) receberão a vacina em sua residência. Aos que ainda não estão inscritos, os familiares podem fazer o cadastramento no Posto de Saúde Central, através do telefone 3268-1284.

Ouça a entrevista com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Farroupilha, Paulina Guisso.

 

Foto: Pixabay