Campanha de vacinação contra a gripe inicia hoje e deve imunizar quase 17 mil pessoas em Farroupilha

Iniciou nesta quarta-feira, a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Na primeira etapa, que segue até o dia 19 de abril, serão vacinadas exclusivamente crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes e puérperas. Já do dia 22 de abril ao dia 31 de maio, serão disponibilizadas doses para os chamados grupos prioritários. Em Farroupilha, a meta é aplicar 16.905 mil doses, o que corresponde a 85% do público-alvo. O Dia D de vacinação está marcado para o dia 4 de maio.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Rosane da Rosa, este ano o calendário de vacinação foi alterado para dar maior ênfase às crianças. Assim, a primeira etapa não somente será exclusiva para o grupo – além de gestantes e puérperas -, como também contemplará crianças de até seis anos de idade, diferentemente do ano passado, quando foram vacinadas crianças até somente os cinco. Segundo Rosane, a mudança foi feita após a verificação de que muitas crianças maiores de cinco anos também apresentavam sintomas recorrentes da gripe, provavelmente pelo contato com outras crianças no ambiente escolar. Conforme a secretária, além de documento, os pais ou responsáveis devem apresentar também a caderneta de vacinação para atualizar as possíveis vacinas em atraso.

A segunda parte da vacinação será destinadas para os grupos prioritários, que são: crianças de seis meses a menores de seis anos; gestantes e puérperas até 45 dias após o parto (para aqueles que não se vacinarem na primeira etapa); trabalhadores de saúde, tanto da iniciativa privada quanto pública; professores das escolas municipais, estaduais e particulares; povos indígenas a partir de seis meses de idade; população privada de liberdade e também os funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos com medida socioeducativa; e idosos com 60 anos ou mais. Pessoas portadoras de doenças crônicas que queiram imunizar-se, pede-se a apresentação de uma receita. A orientação é que todos estejam portando um documento e a carteirinha de imunização no ato da vacina.

 

Ouça a entrevista com a Secretária Municipal da Saúde, Rosane da Rosa:

 

Foto: Assessoria de Imprensa / Prefeitura de Farroupilha