Caxias do Sul tem cinco mortes causadas por gripe A em 2018

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS)  de Caxias do Sul  divulgou nesta quinta-feira que, neste ano, 54 pessoas já foram hospitalizadas em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI)  na cidade com Síndrome Respiratória Aguda Grave. Deste total, 28 foram por Influenza H1N1 (gripe A), que resultaram em cinco óbitos até a última quarta-feira, dia 19. Dentre as vítimas, quatro são mulheres e um, homem. Apenas uma havia feito a vacina contra a gripe e quatro apresentavam fatores de risco.

Outros 39 casos aguardam confirmação de exames e 58 casos suspeitos para vírus respiratórios deram resultado negativo.

A Diretora em Saúde da SMS,  Maria Ignês Bertelli, reforça a importância da população adotar as medidas de prevenção contra a gripe. Ela diz que a melhor forma de prevenção é a vacina, mas é sempre recomendado seguir as medidas básicas de higiene pessoal e dos ambientes, como lavar as mãos com frequência e ventilar as residências e locais de trabalho.

A diretora informou que  as vacinas ainda disponíveis na Unidades Básicas de Saúde estão reservadas para a segunda dose das crianças e para gestantes. Em  Caxias do Sul  mais de 126 mil pessoas foram imunizadas  no período em que as doses estavam disponíveis na rede pública de saúde.

Nos 49 município de abrangência da  5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS)  já são 14 óbitos confirmados.