Cerca de 40% dos criadores de bovinos ainda não comprovaram a vacinação da febre aftosa

Nos anos anteriores, a busca antecipada foi considerada bem maior

O prazo para adquirir a vacina contra a febre aftosa segue até quinta-feira, 30, nas casas agropecuárias credenciadas. Devem ser vacinados os bovinos e bubalinos de 0 até 2 anos de idade. Após a compra e aplicação da vacina, o produtor deve se dirigir até a Inspetoria Veterinária do município e entregar o Cupom Fiscal, comprovando a aplicação da dose. De acordo com o veterinário responsável pela Inspetoria Veterinária de Farroupilha, Vinícius Merlo, poucos criadores desses animais procuraram a sede o órgão.

“A gente tem uma baixa procura com relação a vacinação da febre aftosa dos bovinos do município. Preocupa bastante porque o prazo se encerra nesta quinta-feira, e nós temos em torno de 60-65% apenas de comprovação de vacina na Inspetoria”, destaca Merlo.

O prazo final para a apresentação do cupom fiscal segue até dia 07 de dezembro, mas a compra é até está quinta-feira, 30. O veterinário orienta que Farroupilha tem uma casa agropecuária credenciada, porém a comercialização ocorre de acordo com a demanda, ou seja, se não há procura, pode ser que nestes últimos dias já não haja mais doses à venda. Com isso, os produtores teriam que se dirigir até uma cidade vizinha.

Segundo dados divulgados pela Inspetoria de Farroupilha, o número de criadores que ainda não entregaram a comprovação é de aproximadamente 300 a 350 produtores. Quem não efetuar a vacinação e não comprovar na Inspetoria do município poderá ser multado.

Ouça a entrevista completa com o veterinário responsável da Inspetoria Veterinária de Farroupilha, Vinícius Merlo.