Construções nos arredores do prédio que teve apartamento explodido não estão ameaçadas, diz IGP

De acordo com informações do Instituto Geral de Perícias, a explosão em um apartamento residencial na área central de Farroupilha, na manhã de ontem, dia 26, foi provocada por um vazamento de gás. De acordo com o coordenador do IGP, Airton Kraemer, o vazamento foi o responsável pela explosão seguida do incêndio. Segundo ele, o gás provavelmente ficou confinado durante a noite e, com uma faísca elétrica, entrou em combustão gerando uma onda de choque dessa explosão.

De acordo com Airton Kraemer, durante a tarde de hoje peritos e técnicos especializados em gás farão novos testes para saber o que teria ocasionado o vazamento. Segundo Kraemer, os moradores só poderão voltar ao prédio após o mesmo passar por reformas. Ainda conforme o coordenador do IGP, os prédios dos arredores não foram afetados e não correm riscos.

Mais de 10 pessoas receberam atendimento no Hospital São Carlos após inalarem fumaça. Maria Ana Zanetti Mützenberg, de 68 anos, moradora do apartamento onde aconteceu a explosão, teve ferimentos em mais de 80% do corpo e segue internada no Hospital da Unimed, em Caxias do Sul. De acordo com familiares, ela estava sozinha em casa no momento do sinistro. Segundo a filha, Andréia Mützenberg Cenci, seu pai, e esposo de Maria Ana, Romeu Mützenberg, tinha saído do prédio a poucos minutos para ir trabalhar. Um casal que passava pela calçada também foi atingido por destroços que voaram do apartamento e sofreram ferimentos leves. Eles foram atendidos no Hospital Beneficente São Carlos.

A marquise que estava pendente no primeiro andar do prédio foi retirada, após análise conjunta com a Defesa Civil. Já no apartamento acima de onde houve o sinistro, foi colocada uma sustentação provisória. Também hoje uma empresa contratada pelo condomínio do prédio iniciou o trabalho de remoção dos escombros. O trabalho deve seguir ao longo do dia. O trânsito segue bloqueado na Rua Independência esquina com Rui Barbosa.

 

Foto: Mariana Ávila