Consultor em Tecnologia da Informação recomenda às empresas Becups periódicos em seus sistemas

A palestra da reunião almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CICS), de Farroupilha desta quinta-feira, 29, foi com o tema “Desafios da Segurança da Informação, com o diretor da Galafassi Consultoria em TI, Wilson Galafassi Júnior. Ele disse que a informação é um ativo que certamente as empresas vão dar valor quando tiverem problemas. Neste sentido, Galafassi falou aos presentes que a forma das empresas se protegerem é ter cuidado para a integridade dos dados, pois sem isso, eles não servirão para mais nada à empresa.

Segundo ele para que isso não aconteça é preciso que as empresas mantenham a informação na íntegra e seguras para que não percam o valor. Ressaltou que não há como se defender totalmente dos ataques para quem está conectado numa rede, no entanto, é possível evitar problemas fazendo o Becup periódicos. No seu entendimento com o desenvolvimento rápido da Tecnologia da Informação e o uso dos usuários às redes, as pessoas precisam ir se adaptando de acordo com sua necessidade, pois não há outra forma na medida em que estiver conectado em uma rede.

O palestrante chama atenção para que o administrar do sistema nãos deixe de aplicar as boas práticas, como atualização e controle de acesso à informação, ou seja, o usuário é a porta de entrada para que possíveis riscos venham ocorrer, entre eles, vazamentos e invasão aos dados. Para evitar, recomenda que se crie mecanismos que impossibilitem que o usuário tenha acesso, tanto externo como interno ao sistema.

Galafassi prevê dificuldades para as pequenas e médias empresas aplicarem a Lei de Proteção dos Dados, pois ainda há muitas dúvidas a respeito, todavia, ela estabelece que será aplicada multa de 2% do faturamento até um valor máximo de R$ 50 milhões, caso seja encontrado algum erro de segurança ou administração do sistema. Por outro lado, até o momento não há informações claras qual órgão será responsável pela fiscalização às empresas, sobre seu sistema de proteção dos dados.

 

Foto: José Theodoro