Corsan fará adequações na barragem do Burati para evitar racionamento

Uma nova avaliação feita por profissionais da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) indicou que não será preciso fazer o racionamento de água já na próxima segunda-feira, como previsto anteriormente. A informação foi repassada pelo gerente da Corsan de Farroupilha, Elton Ernzen, em entrevista à rádio Miriam Caravaggio. A maior preocupação neste momento é com a barragem do Burati, pois é responsável pelo abastecimento de 80% do município.

O racionamento não deve ocorrer agora, pois o órgão fará adequações na barragem. Uma das medidas é a instalação de uma bomba auxiliar. Ela permite a captação da água que a rede normal do manancial não consegue bombear. Essa medida deve fazer com que Farroupilha permaneça uns 30 dias sem racionamento.

Nesse momento, é importante a conscientização da comunidade para que haja economia de água e que se evite, ao máximo, o desperdício. “A gente tem recebido, todos os dias, dezenas de reclamações de pessoas indignadas com vizinhos ou conhecidos que utilizam de forma inadequada. Nesse momento que se pede que se fique em casa, aproveitam para lavar telhados, lavar muros, molhar plantas, é um absurdo nessa situação que a gente vive agora, de extrema seca, sem previsão de chuvas”, declara o gerente da Corsan.

 

Ouça a entrevista com o gerente da Corsan de Farroupilha, Elton Ernzen:

 

Foto: Elton Ernzen-divulgação