Diocese de Caxias do Sul publica orientações em razão da bandeira vermelha

Diante do anuncio do Governo do Estado de que a Serra gaúcha está sob a bandeira vermelha do distanciamento controlado, a Diocese de Caxias do Sul emitiu nesta terça-feira, 14, um novo decreto para orientar o funcionamento das paróquias.

No comunicado, o bispo Dom José Gislon destacou que as celebrações poderão ser realizadas com limite de 30 pessoas no interior da igreja. Além disso, as cidades que não apresentaram internações ou óbitos nos últimos 14 dias, em decorrência da Covid-19, podem seguir os protocolos da bandeira laranja. Outra definição é que os salões paroquiais estão autorizados a organizarem eventos no formato drive-thru, delivery ou pague e leve. Confira o decreto da Diocese de Caxias do Sul:

COMUNICAÇÃO OFICIAL

DOM JOSÉ GISLON, OFMCap, de Mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica Bispo Diocesano de Caxias do Sul, considerando a medida divulgada pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, sobre a mudança de classificação da Região da Serra Gaúcha para a “bandeira vermelha”, de acordo com o Modelo de Distanciamento Controlado adotado no Estado, para conter o avanço a pandemia da Covid-19.

DECRETA

as seguintes medidas, para as Paróquias, Comunidades, Pastorais e Movimentos eclesiais do território da Diocese de Caxias do Sul:

1) Missas, cultos e demais celebrações poderão ser realizadas com o limite máximo de 30 pessoas presentes no local, obedecendo os protocolos de distanciamento, higienização e demais medidas estabelecidas no Modelo de Distanciamento Controlado do governo estadual;

2) Os Sacramentos do Batismo e do Matrimônio podem ser celebrados seguindo as mesmas restrições;

3) As medias acima não se aplicam aos municípios da Diocese relacionados a seguir, que não possuem registros de hospitalizações e óbitos por Covid-19 nos últimos 14 dias e poderão continuar seguindo os protocolos da bandeira laranja: Antônio Prado, Monte Belo, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, Santa Tereza, Fagundes Varela, Nova Bassano, Parai, Vista Alegre da Prata, Jaquirana, Barão e Boa Vista do Sul;

4) Sobre os Sacramentos da Penitência e da Unção dos Enfermos, a visita aos idosos e doentes e a celebração dos funerais, sejam observadas as orientações  pastorais nos comunicados anteriores;

5) Qualquer atividade que envolva aglomeração de pessoas nos salões paroquiais e comunitários comunidades permanecem suspensos. Estão autorizados apenas eventos organizados no modelo “drive-thru”, “delivery” ou “pague e leve”.

O presente decreto entra em vigor  na data de hoje e é válido até quando perdurar a classificação de “bandeira vermelha” para a nossa região, conforme a determinação do Governo do Estrado.

Pela intercessão de Nossa Senhora de Caravaggio, Mãe, Rainha e Padroeira de nossa Diocese, invoco sobre todos as bênçãos divinas de saúde e paz.

Dado e passado em nossa Cúria Diocesana, sob o sinal do nosso selo.

Caxias do Sul, 14 de julho de 2020.

 

Foto: Mariana Ávila