Estado atende pedido de prefeitos da Serra e permite abertura do comércio

Insatisfeitos com a decisão do Estado em manter o comércio da Região Metropolitana da Serra Gaúcha fechado até o dia 30 de abril os prefeitos Flávio Cassina, de Caxias do Sul, e Guilherme Pasin, de Bento Gonçalves, que também é presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) pediram que o governo revisasse o decreto o que de fato acabou ocorrendo.

Conforme o prefeito Pasin Guilherme Pasin, durante o encontro virtual, realizado no inicia da manhã de quinta-feira, os municípios apresentaram suas necessidades de reabrir o comércio e serviços, mesmo que de maneira gradual, ficando definido que cada um dos 14 municípios pertencentes à região metropolitana elaborassem ofícios declinando da condição de tratamento único e se responsabilizando pelo estabelecimento de normas de higiene, distanciamento e segurança sanitária, como redução de pessoal e disponibilização de álcool em gel e máscaras. “Caberá a cada um dos municípios fazer os seus decretos, com suas próprias restrições. Deixamos muito bem claro que a abertura será gradual, respeitada a gradação das suas condições”, explica Pasin.

Ainda na quinta-feira ao meio-dia o prefeito de Bento Gonçalves lançou  Decreto 10.506, de 16 de abril de 2020, de abertura do comércio com as novas determinações. O texto traz uma série de recomendações que devem ser seguidas, entre elas o uso de máscaras, além de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) como luvas e a disponibilização de álcool em gel 70%. “Vamos retomar a economia reduzindo os impactos e garantindo emprego e renda para nossa população. Este é um jogo que precisamos jogar juntos e a responsabilidade é de cada um, garantindo ou não a continuidade destes serviços”, frisou Pasin.

As lojas poderão liberar a entrada de clientes proporcionais ao número de atendentes. Já nas Academias, haverá a necessidade de que cada monitor seja responsável por três clientes a cada momento. Buffets ficam liberados, desde que um funcionário sirva as pessoas, evitando que as mesmas manipulem talheres e outros objetos da mesa. Já em rodízios, além dos atendentes utilizarem máscaras e luvas, também será necessário reduzir as mesas do salão pela metade, aumentando a distância entre elas.

Em Caxias do Sul, a prefeitura ainda não anunciou se vai ou não reabrir o comércio. Outro município integrante da Região Metropolitana da Serra, São Marcos também já anunciou a reabertura do comércio ainda nesta quinta-feira (16). Já em  Farroupilha, através de decreto municipal, o comércio está  aberto desde  o dia 09 de abril.

 

Foto: Fabiana de Lucena-Divulgação