Farroupilha adota sistema digital para requerimento do IPTU Sustentável

O Município de Farroupilha adota o processo online para envio do requerimento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) Sustentável, ou seja, através do sistema digital, que vai dar mais agilidade e economia para a população. O lançamento ocorreu na manhã desta terça-feira, 03. O IPTU Sustentável já foi implantado por iniciativa do governo municipal que oferece desconto para propriedades que apresentem ações sustentáveis.

O secretário Municipal de Planejamento, Gabriel Bianchet Tavares, explica que para fazer o processo basta ter acesso à Internet, onde as pessoas podem entrar no site da Prefeitura e ir até o link do IPTU Sustentável que está dentro da aba de serviços e seguir os passos. Ele acredita que grande maioria dos farroupilhenses tenham em seus imóveis algum tipo de melhoria e já estariam hábitos a protocolar o pedido. O interessado precisa apresentar um documento de sua identificação, um requerimento em que ela está pedindo o IPTU Sustentável, como quais são as melhorias que ela fez e documentos comprobatórios (fotos, nota fiscal, projetos, etc…). O requerido deve ser feito até dia 30 de setembro para garantir o desconto já em 2020.

O prefeito Claiton Gonçalves ressaltou que esse é um benefício para todos “Diferente de outros descontos já disponibilizados em função de doenças ou outros fatores, nesse caso basta a preocupação de cada cidadão com ações sustentáveis”, concluiu.

O principal objetivo do Programa IPTU Sustentável é estimular que os empreendimentos imobiliários e moradores tenham ações sustentáveis e, com isso possam reduzir o consumo de recursos naturais, diminuindo impactos ambientais e contribuindo para uma cidade melhor.

Os moradores que desejarem participar do programa devem procurar a Secretaria de Planejamento, comprovar adimplência geral com o município, possuir habite-se e calçada do imóvel em boas condições. Caso esteja tudo em dia, os descontos serão concedidos mediante entrega de requerimento preenchido, cópia de documento com foto e comprovação das práticas sustentáveis, com documentos e/ou fotos. Para cada prática sustentável aplicada no imóvel e comprovada pelo proprietário, ele terá 2% de desconto. Caso haja mais de uma ação se somará os descontos até chegar ao valor máximo de 15%.

 

Foto: José Theodoro