Novo bispo Dom José Gislon é o quinto na história de Caxias do Sul

Dom José Gislon, que foi anunciado nesta manhã como novo bispo da Diocese de Caxias do Sul, é o quinto na história da diocese. Dom Alessandro Ruffinoni, atual líder religioso da Igreja Católica na Serra, assumiu em 2011 e segue a frente da Diocese até dia 8 de setembro. Nesta data haverá a cerimônia de posse de Dom José Gislon, na Catedral de Santa Tereza em Caxias do Sul. Os antecessores foram dom Nei Paulo Moretto (de 1983 a 2011), dom Benedito Zorzi (de 1966 a 1983) e dom José Baréa (de 1935 a 1951).

Historicamente, dom Alessandro foi o que ficou menos tempo no cargo, oito anos. Ele chegou ao comando da Diocese aos 68 anos de idade, sendo que os bispos têm de encaminhar renúncia ao atingir os 75, segundo o Código Canônico. Fato que ocorreu no ano passado. O período mais longo de um bispo em Caxias foi exercido pelo antecessor de dom Alessandro, dom Nei Paulo Moretto, que ficou 28 anos a frente da Diocese. Dom Benedito Zorzi e dom José Baréa ficaram por períodos semelhantes, 17 e 16 anos, respectivamente.

 

Foto: Neimar De Cesaro