Padre Gilnei Fronza recebe hoje título de Cidadão Caxiense na Câmara de Vereadores

O padre Gilnei Fronza, reitor do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, recebe hoje o título de Cidadão Caxiense, às 19h, no plenário da Câmara Municipal de Caxias do Sul. A concessão da honraria foi sugerida por meio do projeto de decreto legislativo (PDL) 4/2018, aprovado por unanimidade, na plenária do dia 03 de abril.

Gilnei nasceu em Bento Gonçalves, em 13 de fevereiro de 1963. Filho do caldeirista Avelino Fronza e da dona de casa Gemma Piva Fronza, ingressou no Seminário Nossa Senhora Aparecida aos 14 anos. Mais tarde, formou-se em Filosofia, pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), e em Teologia, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Foi ordenado sacerdote em 15 de janeiro de 1989, em cerimônia na sua cidade natal, Bento Gonçalves. Em Caxias, passou a se destacar por defender os direitos humanos e engajar-se na luta contra a violência, e também atuou nas paróquias locais. No município, seus trabalhos de maior de destaque foram de pároco nas comunidades dos bairros Sagrada Família, Santa Catarina e São José, no Desvio Rizzo. Desde 2013, Fronza é reitor do Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha. Ele coordena, entre outros projetos nesta comunidade, a Romaria de Caravaggio, um dos maiores eventos religiosos do Sul do Brasil.

O PDL 4/2018, que concede a honraria ao padre é teve como propositora principal, a vereadora Gládis Frizzo/PMDB. Os vereadores Denise Pessôa/PT, Elói Frizzo/PSB, Felipe Gremelmaier/PMDB, Flavio Cassina/PTB, Paulo Périco/PMDB e Renato Oliveira/PCdoB também assinaram a proposição.

Texto: Assessoria de Imprensa / Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

Foto: Leandro Ávila / Assessoria de Imprensa do Santuário de N. S. de Caravaggio