Paralisação de obra gera lentidão e risco de acidentes na ERS-122 na Serra

Iniciadas no mês de julho de 2018 as obras do novo acesso ao bairro Forqueta, que está sendo feito na área do antigo pedágio da ERS-122, estão paralisadas desde dezembro do ano passado. Depois de concluído o projeto, os motoristas que trafegam no sentido Caxias do Sul/Farroupilha devem seguir até a antiga praça de pedágio para acessar ao bairro. Dessa forma, não será preciso cruzar as pistas de sentido contrário para entrar em Forqueta.

A paralisação dos trabalhos está gerando riscos a segurança tanto de motoristas como para os policias rodoviários, visto que a unidade a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) também está instalada neste ponto da rodovia. Os mais prejudicados são os motoristas que se deslocam no sentido Caxias do Sul/Farroupilha. O estreitamento da pista onde as obras estão inacabadas e a precária sinalização provoca, especialmente no final do dia, congestionamentos de dois a três quilômetros na rodovia.

O projeto que está em execução também dificulta o trabalho do policiamento rodoviário, visto que não foi previsto um local em frente a unidade da PRE para o trabalho de fiscalização de veículos. A porta o prédio da polícia fica  a cerca de dois metros  da rodovia.

Em nota a Assessoria de Comunicação do Daer informou que governo do Estado está buscando os recursos disponíveis para que o fornecimento de material asfáltico seja normalizado, garantindo, assim, o ritmo desejado das obras rodoviárias. A nota diz ainda que não há como precisar um prazo para retomada da obra e que a demanda está sendo tratada com prioridade.

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Forqueta, Dagoberto dos Santos Junior, afirma que o único acesso à comunidade atualmente coloca em risco quem está tentando fazer a travessia, por isso, considera a obra de fundamental importância, visto que todos poderão acessar ao bairro de forma mais segura. A localidade conta com cerca de 6 mil pessoas, segundo a associação. Conforme a Polícia Rodoviária Estadual de Farroupilha transitam pela ERS-122 média de 30 mil veículos por dia.

 

Confira o vídeo que mostra o movimento de veículos no local e as obras inacabadas na área:

 

Foto e vídeo: Celso Sgorla