Projeto Fábrica de Sonhos retoma às aulas em Farroupilha e projeta atividades para 2018

As aulas de teatro realizadas através do projeto Fábrica de Sonhos iniciam suas atividades na próxima semana, nos dias 05 e 06 de março, em Farroupilha. O projeto tem o objetivo de levar arte até crianças e jovens, buscando promover o desenvolvimento humano através do teatro. Atualmente, a Fábrica de Sonhos atua no Centro Ocupacional Senador Teotônio Vivela, Centro de Educação Complementar 1º de Maio, na Casa da Crianças Odete Zanfeliz, Escola Antonio Minella e No Grupo Farroupilha de Artes Cênicas (GFAC). Em 2018, o projeto deve atender 200 alunos na cidade.

Há oito anos em Farroupilha, a Fábrica de Sonhos atendeu mais 2 mil alunos e montou 58 peças de teatro. Além das aulas que acontecem semanalmente sob a coordenação dos professores Cássio Azeredo e Gustiele Fistarol, o projeto desenvolverá neste ano outras atividades. Em julho está programado o Retiro dos Sonhos, na cidade de Pareci Novo. Em setembro acontece em Farroupilha o MOTIN – Mostra de Teatro Independe, encontro que proporciona anualmente aos alunos, familiares, parceiros e colaboradores da Fábrica de Sonhos, uma maratona cultural com oficinas, debates, intercâmbios, e apresentações culturais. No mês de novembro ocorre a Mostra de Teatro da Fábrica de Sonhos na UCS Farroupilha, com entrada gratuita para toda a comunidade. Neste ano, a Mostra se estenderá aos bairros 1º de Maio e Industrial.

O coordenador da Fábrica de Sonhos e diretor da Marca Produções Culturais, Cassio Azeredo, salienta que as atividades visam trabalhar o pensamento coletivo, o desenvolvimento da autoestima, desinibição e criatividade, servindo também como produtor de cultura para escolas e ao município. “São esses dois focos. A parte que vai mais para os benefícios que a arte traz para o ser humano e o outro diz respeito ao grupo como produtor de espetáculos e projetos teatrais, como o que desenvolvemos em Caravaggio”, destaca Azeredo

No final do ano de 2017, a Marca Produções Culturais realizou o espetáculo Caravaggio: uma história de fé, reunindo mais de 500 pessoas para assistir a primeira encenação aberta que ocorreu em frente ao Santuário. Além disso, no ano passado foi responsável pelo Domingo Sesc + Arte, em parceria com o SESC Farroupilha, projeto que levou atividades culturais gratuitas a quatro bairros da cidade.

A gente diz costumeiramente: – Ah, mas Farroupilha não tem nada. Quando a gente chegou na cidade, há aproximadamente 12 anos atrás, a realidade era bem diferente. Hoje temos espetáculos acontecendo, muita coisa gratuita, sempre alguma programação ocorrendo em Farroupilha. A gente vê um crescimento cultural no município, o que é muito bacana – Cassio Azeredo

De acordo com o coordenador do projeto, o ano de 2018 segue com várias ideias e o plano de um maior contato com a comunidade. “A gente pretende retomar o trabalho com Caravaggio, se tudo ocorrer bem, para manter esse trabalho tão bonito que fizemos no final do ano, pretendemos dar continuidade ao projeto Domingo Sesc + Arte, que olha para o bairro levando atividades gratuitas, e uma série de projetos internos que nós desenvolvemos com os alunos”, destaca o coordenador e diretor.

Ouça a entrevista com o coordenador do projeto Fábrica de Sonhos e diretor da Marca Produções Culturais, Cassio Azeredo.

 

Fotos: May Lima  e Neimar De Cesere