Projeto social fornece gratuitamente fraldas geriátricas e infantis para famílias carentes

Fornecer de forma gratuitamente fraldas geriátricas e infantis para  famílias carentes de Farroupilha. Esse é o objetivo do projeto Querer Bem que é desenvolvido pelo gabinete  da primeira dama do  município  Francis Somensi.

A confecção  das fraldas é feita por pessoas  voluntárias   que se revezam no  trabalho de produção. Atualmente o projeto fornece  mensalmente de forma gratuita cerca de  19 mil  para cerca de 150 pessoas de baixa renda do município.

Francis Somensi informa que os recursos para manter  o projeto, que já existe há 17 anos, são provenientes do jantar do peixe, realizado anualmente, e também da iniciativa privada.  Para manter o projeto são necessários  cerca de R$ 260 mil ao ano.

Para ter acesso ao benefício é preciso ir até os Centros de Referência em Assistência Social (CRAS I e II), respectivamente na Rua Antônio Benvenutti, 67, no Bairro Industrial e Rua da República, 540 Centro, apresentando comprovante de residência, carteira de identidade, CPF ou Certidão de Nascimento e cartão SUS do paciente. É preciso apresentar ainda carteira de identidade e CPF do responsável e cartão SUS.

A distribuição acontece sempre na última quarta-feira de cada mês, no Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC), das 8h30 às 17h, sem fechar ao meio-dia, com entrada pela Rua 13 de Maio.

Para ser um voluntário do projeto Querer Bem, é preciso ir até a sede do projeto que fica no Centro de Atendimento ao Cidadão, com entrada pela Rua 13 de Maio, apresentar CPF, RG e Cartão SUS. O horário de atendimento é das 8h30 às 11h30 e das 13h15 às 17h.

 

Veja o trabalho manual das voluntárias na finalização da confecção das fraldas:

Imagens e foto: Celso Sgorla