Secretaria da Saúde reforça cuidados de higiene após confirmação de uma morte por gripe A em Farroupilha

A Secretaria Municipal da Saúde de Farroupilha está pedindo a atenção e o cuidado redobrado da população quanto aos cuidados básicos de higiene para evitar a contaminação de doenças como a gripe A (H1N1), que já fez uma vítima fatal na cidade. De acordo com a gestora da pasta, Rosane da Rosa, a vítima era um homem, de 58 anos de idade, pertencente ao um grupo de risco e que não havia se vacinado contra a doença. Segundo ela, o homem deu entrada no Hospital Beneficente São Carlos (HBSC) no dia 27 de junho e teve o diagnóstico confirmado de H1N1 no dia 4 de julho. Ele morreu no dia 24 de julho.

De acordo com Rosane, as pessoas devem ficar atentas quanto aos sintomas como febre alta, dores fortes no corpo e tosse. A orientação, nestes casos, é procurar preferencialmente uma Unidade Básica de Sáude (UBS) para atendimento imediato. Em caso de não haver atendimento no horário necessário, deve-se procurar o Pronto-Atendimento do HBSC. Ela ressalta que cuidados básicos de higiene como lavar as mãos com frequência, especialmente ao cobrir a boca ao tossir ou espirrar e manter os ambientes arejados são fundamentais e podem evitar a contaminação de várias doenças. Para quem quer se vacinar, há doses disponíveis somente na rede privada de saúde. Na rede pública é disponibilizada somente a segunda dose para as crianças.

 

VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO

Na próxima segunda-feira, 6, inicia a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo de 2018. A mobilização segue até o dia 31 de agosto. A ação envolve todos os postos de saúde do Brasil e tem como alvo principal crianças de 1 a 5 anos. O dia de mobilização nacional – o chamado dia D – acontecerá em 18 de agosto, um sábado. Somente no Rio Grande do Sul, mais de 10 pessoas já foram diagnosticadas com sarampo este ano.

 

Ouça a entrevista com a Secretária Municipal da Saúde, Rosane da Rosa: