Ação do Santuário de Caravaggio homenageia vítimas da Covid-19 e lembra sobre responsabilidade com a vida do próximo

O Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio vive nesta segunda e terça-feira, 29 e 30 de março, uma ação para lembrar as mais de 300 mil vidas perdidas pela Covid-19 no país. Além disso, é uma forma de pedir pela saúde de toda a população em prece e oração. Desde às 6 horas, cerca de mil cruzes estão espalhadas pela esplanada do Santuário, simbolizando não só as vítimas, mas a esperança em dias melhores. A ação leva o nome de “Vida que cuida da “vida, lembrando sobre a responsabilidade que temos pela vida do próximo, especialmente em meio a uma pandemia.

Feitas de madeira e pintadas de branco, as cruzes simbolizam não somente as pessoas que perderam a vida lutando contra a Covid-19 desde março de 2020, mas também lembra a todos os que partiram neste período de outras causas. Em função da pandemia, velórios e enterros precisaram ser realizados de forma mais rápida, o que tornou ainda mais difícil encarar as despedidas e viver o processo de luto.

As cruzes foram produzidas com restos de madeira, cedidos ao Santuário, e pintadas de branco com cal, igualmente doado. Jovens da comunidade e da Diocese de Caxias do Sul participaram desde cedo da instalação das cruzes. Além disso, alguns devotos se dirigiram ao Santuário ao longo do dia para deixar flores em um gesto de carinho e homenagem.

Nas redes sociais do Santuário, mais de 800 pessoas deixaram nomes de familiares e amigos, que serão lembrados na missa celebrada às 17h desta segunda e terça-feria, bem como no terço rezado às 18h. A programação é transmitida pela Rádio Miriam Caravaggio e pelas redes sociais do Santuário de Caravaggio (Facebook, Instagram e YouTube). Para deixar o nome de um familiar, basta comentar no post da ação no Facebook (aqui).

Confira as fotos da ação “Vida que cuida da vida”:

Fotos: Gleici Trois