Alunos das Escolas Municipais iniciam ano letivo presencial em Farroupilha

A rede municipal de ensino de Farroupilha retomou nesta quarta-feira, 17, as aulas presenciais nas cinco Escolas de Educação Infantil, etapa creche, e nas 22 Escolas Municipais de Ensino Fundamental, com as turmas do pré e 9º ano. Nesta primeira etapa, o atendimento presencial ocorre de forma escalonada, com 50% dos estudantes em sala de aula e 50% de maneira remota. As turmas foram divididas em dois grupos, sendo que uma semana o grupo A tem aulas presenciais e o grupo B tem aulas via internet. Na semana seguinte os grupo se invertem, onde os que estavam em casa terão encontros presenciais e vice-versa.

Na próxima segunda-feira, 22, irão retornar as turmas do 1º, 2º, 6º e 7º ano do grupo A e alunos da Educação Infantil e 9º ano do grupo B. Já no dia 1º de março, é a vez do 3º, 4º, 5º e 8º ano do grupo A e 1º, 2º, 6º e 7º ano do grupo B voltarem para o ensino presencial. Nas escolas da etapa creche, as aulas estão sendo com 50% dos alunos atendidos no turno da manhã e 50% atendidos no turno da tarde.

No dia 26 de fevereiro será realizada uma reunião para avaliar a primeira etapa e, posteriormente, iniciar a execução da etapa 2, com aumento de carga horária gradual. A terceira etapa vai ser planejada de acordo com os resultados da 1ª e 2ª etapas e objetivo é que as aulas voltem normalmente, mas ainda não há data definida.

ORGANIZAÇÃO E CUIDADOS

Conforme a secretária da Educação Luciana Zanfeliz, o poder público, a secretaria, as direções, professores e funcionários estão muito empenhados para que tudo ocorra de forma tranquila. “Por isso que está sendo feito de forma cuidadosa, uma etapa por vez, para nós irmos devagar a atendermos da melhor maneira possível”, salienta. Nesta amanhã o prefeito Fabiano Feltrin, o vice Jonas Tomazini e a secretária Luciana visitaram algumas escolas para analisar  o desempenho dos protocolos, pontos assertivos e o que pode ser mudado, a fim de proporcionar mais segurança aos envolvidos.

A secretária também orienta que os pais devem estar atentos. Em caso do estudante apresentar sintomas como febre, tosse, dores no corpo ou qualquer outro fora da normalidade, o mesmo deve permanecer em casa. “O importante agora é pensarmos na coletividade. Se todos nós fizermos a nossa parte, tenho certeza que tudo vai correr bem”, afirma Luciana.

Confira as fotos do retorno às aulas nas Escolas Municipais:

Fotos: Gleici Trois