Brigada Militar flagra aglomerações em Farroupilha e autua 12 pessoas desrespeitando isolamento

A Brigada Militar realizou a Operação Patrulha do Barulho, na noite desta sexta-feira, 25, e madrugada de sábado, 26. O patrulhamento preventivo ostensivo de Farroupilha, agiu nos locais onde ocorre frequentemente aglomerações de pessoas, contrariando o Decreto Municipal de controle do Covid-19 e promovendo perturbação do sossego, principalmente no centro da cidade. As abordagens efetuadas ocorreram pelos loteamentos Altos da Julieta, São Francisco e São Luís, uma loja de conveniência e um bar vistoriados pela chamada Patrulha do Barulho. Na ação os policiais também realizaram uma barreira de trânsito na Rua Pinheiro Machado.

A ação resultou em  12 Termos Circunstanciado (TC) pelo art. 268 CP (Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa). Todos assinaram  o TC se comprometendo a se apresentar à Justiça em data que será marcada. Participou também a Guarda Municipal no monitoramento das câmeras que já foram instaladas na cidade, desde a Central de Monitoramento, na sede da Guarda Municipal, numa parceria entre a Prefeitura Municipal e Brigada Militar. O 36º BPM informa que continuará desencadeando este tipo de operação todos os finais de semana (dias de semana atuará conforme receber algum tipo de informação).

Foram obtidos também os seguintes dados com a operação:

– Pessoas abordadas: 87
– Estabelecimentos vistoriados: 7
– Veículos fiscalizados: 79
– Veículos Autuados: 13
– Veículos Recolhidos: 02
– Retenção CRLV: 1

Foram confeccionados:

– 12 Termos Circunstanciado pelo art. 268 CP (Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa)

-01 pelo art. 175 CTB (Utilizar-se de veículo para demonstrar ou exibir manobra perigosa, mediante arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus)

Abordagens efetuadas no Farras, conveniência Aghora, Loteamentos Altos da Julieta, São Francisco e São Luís e uma barreira na rua Pinheiro Machado.

Foto: Tenente Elton