Chegada do frio aquece vendas no setor malheiro de Farroupilha

A chegada do frio mais intenso animou o setor de confecções da Serra Gaúcha. Diariamente  dezenas de excursões de lojistas de cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo chegam a Farroupilha de madrugada para comprar malhas nos Centros da Pronta Entrega. Antes mesmo de amanhecer muitos deles já estão retornando para suas cidades, e o chamado bate e volta.

Farroupilha, juntamente com Nova Petrópolis são dos municípios que concentram o maior número de malharias no Estado sendo que a primeira cidade concentra o maior volume de vendas e de shoppings.

Conforme o presidente da Associação dos Centros de Compras da Serra Gaúcha (Acecors), Paulo Dalzochio, a cidade de Farroupilha conta hoje com cerca de 250 malharias e em torno de 300 lojas em centros de pronta entrega.

Ele destaca que a chegada do frio mais intenso nesta semana animou os empresários do segmento que andavam preocupados com a estagnação das vendas. “Até maio as perspectivas não eram nada  positivas”, completou.

Só para se ter um noção da importância do frio para o segmento, Dalzochio, informou sobre o número de lojistas que estiveram na cidade nesta semana. “Na segunda-feira, foram 400 lojistas, na terça foram cerca de 200, na quarta em torno de 300 e nesta quinta-feira cerca de 300, e esse movimento deverá se manter se o frio persistir”,  salientou o dirigente.

Dalzochio estima que o setor apresente neste ano um crescimento de cerca de 12% em suas vendas em relação ao  ano passado.

 

Veja a entrevista com o presidente da Acecors, Paulo Dalzochio: