Clovis Tramontina elabora livro digital sobre futsal para incluir o esporte nas Olimpíadas

O empresário Clóvis Tramontina, fundador da Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF), está lançando um livro digital, intitulado Futsal: O Sonho Olímpico, que conta tudo sobre o esporte: a história, países que praticam, principais clubes, números e normas técnicas envolvendo a modalidade no Brasil e no mundo. Trata-se de uma ferramenta na mobilização para a entrada desta mobilidade nas Olimpíadas. O documento foi enviado em agosto para clubes, dirigentes, secretários de esporte e lazer, ligas, federações, canais esportivos, atletas, ex-atletas e demais envolvidos com o esporte.

Apesar de pedidos de diversas personalidades do futebol e instituições de peso, o futsal ainda não faz parte dos Jogos Olímpicos. Um dos principais defensores dessa inclusão é Clovis Tramontina, Presidente do Conselho de Administração da centenária indústria brasileira e também Presidente de Honra Vitalício e fundador da ACBF – time de futsal de Carlos Barbosa, a Capital Nacional do Futsal. O empresário reforçou o pedido no último encontro presencial com Jair Bolsonaro, em julho deste ano na Serra Gaúcha, e segue em atividade para tornar o sonho real.

No livro digital de 21 páginas, constam também informações sobre a campanha #FutsalnasOlimpíadas, iniciada pela Liga Nacional de Futsal – LNF, em agosto deste ano, e um capítulo especial sobre a ACBF – Associação Carlos Barbosa de Futsal e Carlos Barbosa que foi reconhecida como a Capital Nacional do Futsal em 2017.

Tramontina enfatiza a vontade de fazer com que o material desperte o interesse das pessoas, a fim de que se torne uma realidade. “Um sonho que não é só meu, mas de milhares de pessoas que entendem a importância do Futsal como gerador de empregos, renda, educação e esperança mundo afora”, afirma. O livro está disponível em quatro idiomas – Português, Inglês, Espanhol e Francês – e pode ser acessado neste link (clique aqui).

CLOVIS TRAMONTINA – PRESIDENTE DE HONTA VITALÍCIO DA ACBF

A relação do empresário com o esporte começou na infância e se intensificou na década de 1970, quando fundou a ACBF. Hoje, já são pelo menos seis décadas da modalidade no mundo, cerca de 12 milhões de praticantes, entre homens e mulheres. Uma história que, conforme Clovis e tantos outros admiradores da modalidade, merece receber o título de esporte olímpico.

SUPERCOPA 2017

“Levar o Futsal às Olimpíadas é oportunizar futuro para muitos atletas, além das comissões técnicas desta categoria. Um esporte que é praticado por meninos e meninas, homens e mulheres, que possibilita a inclusão e que carrega, também, a responsabilidade de ser um dos principais celeiros de novos atletas para o futebol de campo. É um esporte dinâmico, atrativo, inclusivo, diverso, competitivo e de elevado nível técnico, que tem todas as características para fazer parte dos Jogos Olímpicos”, afirma Clovis.

Agora, resta aguardar a comoção nacional e principalmente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que assuma essa ideia junto à Federação Internacional de Futebol – FIFA, a fim de fazer valer o esforço com o desfecho positivo dessa história.

Ouça a entrevista com o empresário Clovis Tramontina:

 

Foto: Divulgação/Futsal: O Sonho Olímpico