Criação da Frente Parlamentar de Defesa do Agronegócio é aprovada na Câmara de Farroupilha

A Câmara de Vereadores de Farroupilha aprovou por unanimidade nesta segunda-feira, 07, o requerimento, protocolado pelos parlamentares Roque Severgnini e Maurício Bellaver, que institui a Frente Parlamentar de Defesa do Agronegócio. O grupo será responsável por debater temas relacionados à agricultura e à pecuária, bem como trabalhar no estímulo à políticas públicas para o agronegócio local, servindo de ponte com representantes de outras regiões.

Conforme Severgnini, o intuito da Frente Parlamentar é tratar de assuntos que necessitam de respostas em nível estadual e federal, como telefonia, acesso a internet, preço da uva, seguro agrícola, incentivos, entre outros. “Vamos trabalhar os temas que abrangem o meio rural, que muitas vezes não estão no alcance do município, mas que necessitam da organização regional, da integração de mais vereadores, lideranças e entidades, para buscar a soluções, até mesmo em âmbito federal”, explica.

Os serviços rurais atualmente são responsáveis por 10% da economia do município de Farroupilha. De acordo com o que expõe a proposição, 40% da produção de uvas moscato do Estado é oriunda de Farroupilha e, até 2017, a cidade foi considerada a Capital Nacional do Kiwi. Já na pecuária, o setor de aves é a principal economia do setor primário do município.

Foto: Gleici Trois