Curso online capacita sobre cultivo do kiwizeiro

Encerra nesta quinta-feira, 04, a Capacitação Online sobre o Cultivo de Kiwizeiro, promovida pela Emater/RS-Ascar, parceira da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), com apoio da Ufrgs. O curso, com nove módulos, iniciou no dia 07 de maio, e tem a participação de 35 extensionistas rurais da Emater/RS-Ascar, de oito regiões do Estado.

O objetivo é capacitar os extensionistas e atualizá-los quanto aos resultados da pesquisa sobre a mortalidade da planta, realizada nos últimos anos por instituições de ensino e pesquisa. Conforme o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Enio Ângelo Todeschini, a situação da cultura do kiwizeiro é crítica devido à ocorrência de uma doença (seca do kiwizeiro) que está dizimando as plantas. Ainda segundo ele, a ideia do curso online surgiu após o cancelamento, devido à pandemia, de um Seminário que estava previsto para ocorrer em Farroupilha no mês de julho.

Os assuntos abordados no curso por professores, pesquisadores e profissionais convidados (Ufrgs, UCS, Embrapa, Sema e Silvestrin Frutas) são a importância do ponto de colheita e potencial nutracêutico, mercado, controle de mosca-das-frutas, poda de formação e produção, controle de Ceratosystis (seca do kiwizeiro), implantação do pomar, produção de mudas, polinização, irrigação e fertilização.

No Rio Grande do Sul, o kiwizeiro é cultivado de forma comercial em 23 municípios, por 145 agricultores, ocupando uma área de 172 hectares. A produção total é de 1.605 toneladas, conforme o Censo Frutícola da Emater/RS-Ascar de 2020.

 

Ouça áudio com o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Enio  Todeschini:

 

Foto: Emater-divulgação