Daer recebe projeto de reconstrução da ERS-448 que prevê obras em duas etapas

A reconstrução do trecho que foi danificado pela chuva no final de junho, no Km 39,5 da ERS-448, entre Farroupilha e Nova Roma do Sul, será feita em duas etapas. Conforme informou o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER), o projeto prevê primeiramente a detonação de rochas da encosta, ao lado da estrada, cujo material será colocado nas pistas originais. Também vai ser construída uma chaveta de reforço na base do aterro por onde passa a estrada. Trata-se de uma estrutura composta por pedras de maior porte, com a função de sustar o aterro e possibilitar a vazão da água. Segundo o diretor geral do Daer, Luciano Faustino, após a conclusão desta parte, que deve ocorrer em três meses, a expectativa é da liberação parcial do tráfego de veículos.

O projeto foi entregue nesta segunda-feira, 31, pela empresa Enecon, responsável pelo estudo técnico do trecho. A direção do Daer recebeu o estudo no prazo estipulado pela empresa, que prevê na segunda etapa a instalação de telas metálicas ao lado das pistas, para evitar futuros deslizamentos. Esta é a ideia inicial desde que o trecho foi destruído pela chuva, porém estudos iniciais indicavam a possibilidade de abrir o rochedo para a passagem das duas pistas, mas devido a utilização de mecanismos que garantam a eficácia da obra e com prazos não tão longo, optou-se por reconstruir no mesmo local danificado. O prazo ainda depende da conclusão do orçamento, que deve ocorrer em até 10 dias. Após, a contratação da empresa que vai fazer a obra, será encaminhada por meio de um pregão emergencial, com isso, o início deve acontecer ainda em setembro.

Foto: José Theodoro