Escola Municipal Oscar Bertholdo promove nesta sexta-feira Cine drive-in

Para quem está com saudade de uma sessão de cinema ou de fazer uma programação em família, na noite desta sexta-feira, 11, terá a oportunidade de participar do 4° Cine da Escola Municipal Oscar Bertholdo (EMOB), com exibição do filme “O grilo feliz e os insetos gigantes”. O evento, no formato drive-in, será realizado a partir das 19h30 no estacionamento do Centro de Compras Farroupilha, com limite para 118 carros.

O Cine ocorre anualmente no ginásio da escola, mas neste ano precisou ser reformulado em razão da pandemia. De acordo com a diretora, Cleonice Lovatto Cortelletti, na compra de um combo (1 refri + 1 pipoca) no valor de R$ 9, o participante ganha o ingresso. Além disso, outros alimentos também estão à venda, como pastel, palha italiana, pipoca, refri e água, fora do combo. As entradas e os demais itens devem ser adquiridos antecipadamente na escola ou no Centro de Compras, nas salas 2 e 4.

A diretora relata que está muito feliz em poder levar entretenimento em meio à pandemia. Também lembra que será especial poder rever alunos, professores, pais e comunidade escolar depois de tantos meses afastados. “Podendo fazer isso, mesmo que seja nesse formato, a gente está voltando um pouquinho a normalidade, movimentando as famílias, proporcionando um atrativo para eles”, revela.

O evento é realizado pelo Círculo de Pais e Mestres (CPM) e direção da EMOB, em parceria com o Sesc. A colaboração é do Centro de Compras, dos Bombeiros Voluntários e da Brigada Militar.

FILME: O GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES

O filme “O grilo feliz e os insetos gigantes” foi lançado em 2009 e tem duração de 1 hora e 22 minutos. A narrativa conta a história do Grilo Feliz, que segue compondo suas músicas, para alegria dos habitantes da floresta, e agora deseja gravar um CD. Porém, a descoberta de fósseis de insetos gigantes faz com que ele se envolva em uma inesperada aventura, que o obriga a enfrentar um bando de perigosos louva-deuses comandados por Trambika.

Ouça a entrevista com a diretora, Cleonice Lovatto Cortelletti:

 

Foto: Facebook EMOB