Inscrições para a Seleção de Vinhos de Farroupilha superam número de amostras do ano passado

As amostras inscritas na 15ª Seleção de Vinhos de Farroupilha deste ano, superaram a expectativa da organização do concurso, sendo seis a mais do que em 2019. Em relação à primeira edição do concurso, realizada em 2006, a quantidade de produtos é 63% superior. Este ano foram 196 inscritos. A avaliação será na próxima semana, nos dias 20 e 21 de outubro, no turno da manhã, no Salão da Comunidade Santos Anjos, em Farroupilha. As amostras foram coletadas entre os dias 2 e 18 de setembro, em 11 empresas.

Elas puderam ser inscritas em 13 categorias, que compreendem: vinhos de mesa tintos e brancos, secos e suaves; vinhos finos secos tintos e brancos; vinho branco fino seco moscatel tranquilo; espumantes moscatel e brut; vinho frisante moscatel e suco de uva integral/natural. A mudança para espaço mais amplo, visa a realização dos trabalhos com o distanciamento recomendado. As degustações, responsáveis por premiar até 30% das amostras inscritas em cada categoria, serão desempenhadas por grupo de 24 degustadores convidados, composto por enólogos, representantes de instituições de ensino e pesquisa, profissionais da indústria vinícola e enófilos.

À exceção da categoria vinho branco fino seco moscatel tranquilo –  que aceita amostras também a granel, em virtude do objetivo de destacar a condição do município de maior produtor de uvas moscato do país –  as categorias avaliam produtos engarrafados, ou seja, já disponíveis no mercado, portanto, a Seleção de Vinhos, configura-se como um importante guia, que identifica ao consumidor produtos de qualidade acentuada e avalizada.

Para a presidente da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Rosane Meggiolaro Cappelletti, essa adesão denota a importância que o concurso tem para as empresas farroupilhenses. “Ver as vinícolas mantendo e até aumentando a inscrição de seus produtos é muito positivo. Por influência da pandemia, considerávamos natural uma queda e foi o contrário. Isso mostra o quanto a avaliação é parâmetro e motivação para a evolução constante dos produtos e também para a promoção dos mesmos”, destaca.

A relevância do concurso também é ressaltada pela Prefeitura de Farroupilha. O secretário de Desenvolvimento Rural, Daniel Troes, considera que a Seleção de Vinhos cumpre o papel de manter em destaque a qualidade local na produção de uvas e vinhos, valorizando o produtor e as vinícolas. Esse aspecto, para o prefeito Pedro Pedrozo, é um passo importante no desafio de projetar os vinhos, espumantes, sucos e derivados de Farroupilha, obtendo seu reconhecimento.

Foto: Marciele Scarton