Paróquias da Diocese de Caxias do Sul se unem em oração neste domingo pelos mortos na pandemia

Em comunhão com toda a Igreja Católica no Brasil, os sinos das igrejas da Diocese de Caxias do Sul irão tocar no chamado Domingo da Misericórdia, no dia 11, às 15 horas. Neste dia, a prece será por todas as pessoas falecidas durante o tempo da pandemia, em decorrência da Covid-19, de outras enfermidades ou situações. Desta forma, os cristãos são convidados a elevar preces a Deus pelos mortos e recordar também dos doentes.

Além do repicar dos sinos, as paróquias da região estarão unidas em oração. A Diocese preparou um subsídio para ser utilizado nas Missas deste final de semana e dedicar o momento das preces para rezar pelos falecidos, pelas famílias enlutadas e também lembrar os que estão internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e os que sofrem os males da pandemia. “No Domingo Divina da Misericórdia, do lugar onde estivermos, no silêncio, elevemos o nosso coração ao céu, pedindo que Deus Pai, na sua infinita misericórdia, acolha no dia da ressurreição a todos os que partiram”, pede o bispo diocesano, dom José Gislon.

Uma programação, com momentos de oração e Missa transmitidos pelas redes sociais, está sendo preparada. No domingo, a partir das 14h45, a página do Facebook da Diocese de Caxias do Sul passará a transmitir o momento de adoração ao Santíssimo Sacramento, isto é, Jesus na Eucaristia, além do toque dos sinos às 15h, seguido da récita do Terço da Misericórdia e bênção com o Santíssimo, ao vivo, do Santuário Diocesano Santo Antônio de Bento Gonçalves. Às 19h, diretamente da Catedral Diocesana de Caxias do Sul, será transmitida a celebração Eucarística, presidida por dom José Gislon.

PROGRAMAÇÃO

14h45min – Exposição do Santíssimo Sacramento
15h – Toque do Sino
15h05min – Oração do Terço da Misericórdia
15h30min – Bênção com o Santíssimo Sacramento
19h – Missa presidida por dom José Gislon

Texto: Felipe Michelon Padilha
Foto: Divulgação/Catedral Santa Teresa