Paróquias de Caxias do Sul serão pontos de arrecadação de alimentos no Sábado de Aleluia

A solidariedade é uma marca dos cristãos, uma vez que Jesus ensinou e viveu o amor ao próximo. Desta forma, a Diocese de Caxias do Sul apóia a campanha “Em Cristo, a vida vence: seja solidário, doe alimentos”, do Banco de Alimentos de Caxias do Sul. No Sábado de Aleluia, 03, das 9h às 13h, haverá arrecadação de alimentos não perecíveis em 23 pontos de coleta, nas sedes paroquiais (confira os locais e endereços abaixo). Também podem ser doados materiais de higiene e limpeza.

É de conhecimento geral, que o número de pessoas que passam fome tem aumentado de maneira considerável. O Banco de Alimentos viu diminuir o número de doações, nos últimos meses, em virtude da pandemia, por isso propôs à Diocese esta campanha, que também terá a parceria das igrejas evangélicas Quadrangular e Luterana do Brasil.

De acordo com o bispo diocesano de Caxias do Sul, dom José Gislon, a caridade se faz necessária neste momento em que a Páscoa nos chama a celebrar a vida, que deve ser cuidada. “Estamos há mais de um ano vivendo essa realidade da pandemia. Queremos marcar este tempo de Quaresma e a Páscoa do Senhor com um gesto forte de solidariedade que envolva todos os homens e mulheres de boa vontade, independentemente da igreja ou do credo que professam. Queremos fazer um gesto de bem, como sociedade, que nasce do coração. São crianças, pais, mães e idosos que precisam da nossa ajuda, por isso queremos criar uma corrente de solidariedade. O pouco de cada um irá ajudar muitas pessoas”, salienta.

QUINTA-FEIRA SANTA: REPICAR DOS SINOS EM HOMENAGEM AOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Desde os tempos antigos, os sinos sempre foram utilizados pela Igreja como meio de comunicação. E nesta Quinta-feira Santa, às 19h, mais uma vez, eles terão a missão de expressar a gratidão e a solidariedade por tantos profissionais que atuam na linha de frente neste tempo de pandemia. Em todas as igrejas da Diocese de Caxias do Sul, haverá o toque dos sinos, em homenagem aos servidores da área da saúde e tantas outras profissões que se doam em defesa da vida.

SEXTA-FEIRA SANTA: PELAS VÍTIMAS, DOENTES E FAMILIARES

Na liturgia da Sexta-feira da Paixão, 02 de abril, haverá uma prece, no contexto da Oração Universal, que faz parte do rito, pelos que morreram neste tempo de pandemia, pelos doentes e pelos que sofreram alguma perda.

DOMINGO DA MISERICÓRDIA: TOQUE DOS SINOS PELAS VÍTIMAS

Em comunhão com toda a Igreja Católica no Brasil, os sinos das igrejas da Diocese novamente irão tocar no chamado Domingo da Misericórdia, 11 de abril, às 15h. Neste dia, a prece será por todas as pessoas falecidas durante o tempo da pandemia, em decorrência da Covid-19, de outras enfermidades ou situações. Desta forma, os cristãos são convidados a elevar preces a Deus pelos mortos e recordar também dos doentes.

Confira o áudio com o bispo diocesano, Dom José Gislon:

 

Texto e foto: Felipe Michelon Padilha