Polícia Militar inicia atuação com Base Móvel de Policiamento Comunitário em Farroupilha

O 36º Batalhão da Polícia Militar (36° BPM) iniciou nesta quinta-feira, 06, no bairro Industrial, em Farroupilha, a atuação com uma Base Móvel de Policiamento Comunitário. O veículo é empregado com uma guarnição, composta por dois policiais, apoiados por uma viatura de policiamento ostensivo com outros dois policiais. A equipe estará desenvolvendo trabalhos de polícia comunitária, Maria da Penha e também registros de ocorrências.

De acordo com o subcomandante do 36° BPM, major Juliano Amaral, a iniciativa visa minimizar os problemas de segurança, como a desordem e o tráfico de drogas, além de aumentar a sensação de segurança e o vínculo entre policiais e moradores locais. “A base serve para termos uma integração, um estreitamento ainda maior, da Brigada Militar com as comunidades”, relata o major. Ele salienta, ainda, que é uma forma de “estender a mão” para a comunidade, não estando presente somente nos momentos de atendimento de ocorrências ou prisões.

Inicialmente, a ação irá ocorrer no bairro Industrial, mas logo será desenvolvido um calendário de atuação, com ações programadas para outros pontos do município. Além disso, a estrutura poderá ser empregada em demais locais e eventos que necessitarem desse tipo de atuação do batalhão.

Segundo o 36° Batalhão, o início das atividades marcam uma nova fase da Segurança Pública em Farroupilha, com ações integradas com a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSPRS), Ministério Público (MP) e Judiciário. Vale destacar que Farroupilha está inserida no Projeto RS SEGURO, que é um programa que busca soluções sustentáveis para melhoria contínua dos indicadores de criminalidade.

Ouça a entrevista com o subcomandante do 36° BPM, major Juliano Amaral:

 

Fotos: Gleici Trois