Primeira noite de trabalho da Patrulha do Barulho foi sem ocorrências graves

A Patrulha do Barulho do 36º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Farroupilha iniciou seu trabalho na noite desta sexta-feira e madrugada deste sábado. A Patrulha foi  criada  com o intuito da manutenção da ordem pública bem como as legislações em vigor para o COVID-19.

Foram percorridos bares, bairros e loteamentos onde reiteradamente ocorriam problemas em relação a perturbação do sossego público.

Os resultados apresentados:

  • 20 veículos abordados e ocupantes identificados;
  • 50 pessoas abordadas;
  • 1 recolhimento de veículo por licenciamento vencido, aplicada notificação de trânsito
  • 2 TC (Termo Circunstanciado) confeccionados por posse de maconha (usuários), sendo um homem de 19 anos, no bairro São Luiz, e outro para uma mulher de 24 anos, no Loteamento Felicita.

Nos locais vistoriados foram constatados pouca concentração de veículos, de 2 a 4 veículos, sendo que todos tinham as máscaras consigo, embora alguns não estavam usando no momento.  Não foi constatado som alto, nem registros de chamados via 190 para esta ocorrência.

Relato dos abordados, é que tinham conhecimento do trabalho da Patrulha do Barulho, conforme divulgação em mídias sociais e imprensa, desta forma não ocorreram problemas para moradores em relação a problemas desta natureza.

Os Policiais Militares realizaram cadastro dos abordados, bem como orientaram a todos em relação aos cuidados básicos para o COVID-19, e principalmente a atenção em relação aos problemas sobre perturbação do sossego público, em virtude do horário e locais onde se encontravam.

O  Major Juliano Amaral, SubComandante do 36º BPM, disse que o objetivo desta primeira ação foi alcançado, lembrando que o trabalho da Brigada Militar  é preventivo e visando  manter a tranquilidade e sono seguro dos cidadãos que iniciaram o seu final de semana sem incidentes.

O trabalho da Patrulha do Barulho segue  neste sábado e domingo.

 

Foto: Brigada Militar-divulgação