Sicredi Serrana inaugura em Veranópolis sua primeira agência com conceito sustentável

A Sicredi Serrana RS/ES entregou nesta quarta-feira, 19, a primeira agência com conceito sustentável em sua área de atuação, sendo instalada em Veranópolis. A ideia da criação deste projeto surgiu diante dos propósitos da Sicredi, como a inovação e a união para o desenvolvimento de uma sociedade mais próspera.

A nova agência tem um conceito de economia verde, que leva em conta o bem-estar social, a redução dos riscos ambientais e a conservação do meio ambiente. Por isso, foi escolhida a cidade de Veranópolis para abriga-lá, já que é reconhecida nacionalmente como “terra da longevidade”. A segunda agência da Sicredi no município fica na Avenida Osvaldo Aranha, 1486, na Palugana.

CONCEITO SUSTENTÁVEL

CONSTRUÍDA A PARTIR DE CONTÊINERES REFRIGERADOS RECICLADOS

Com 600 metros quadrados divididos em dois pisos, a agência Sustentável foi construída a partir de 20 contêiners refrigerados reciclados. A opção por essas estruturas evitou um possível descarte dos contêiners no meio ambiente e dispensou a necessidade de construção da fundação da obra, reduzindo a geração de resíduos.

Além disso, proporcionará uma diferença de temperatura de 4ºC entre os ambientes interno e externo, bem como uma diminuição de captação de ruídos da rua em 30%. Outro item relevante para o conforto térmico e para a diminuição do nível de ruído no interior do prédio é o telhado verde de 115 metros quadrados. Ele também contribui com o aumento da umidade relativa do ar e a redução da poluição ambiental por absorver gases de efeito estufa.

ENERGIA E ILUMINAÇÃO

O telhado possui 230 metros quadrados de painéis fotovoltaicos que geram a energia limpa necessária para abastecer a agência Sustentável, bem como 40% da necessidade da outra agência da Sicredi em Veranópolis. Além disso, o prédio conta com iluminação eficiente, que possibilita controlar a intensidade da claridade interna de acordo com as necessidades e da disponibilização de luz natural. Há sensores de presença nas áreas de circulação, evitando o desperdício de energia.

As lâmpadas do tipo LED reduzem o consumo de energia, possuem longa vida útil e contam com descarte simplificado, por não possuírem metais pesados e mercúrio. Todos os equipamentos eletrônicos contam com o selo Procel de eficiência energética, também no sentido de redução do consumo de energia.

AMBIENTE EXTERNO

Na área externa, são 15 vagas de estacionamento e 30 metros quadrados dedicados à bicicletas, incentivando a adoção de um novo conceito de mobilidade urbana. No jardim, optou-se pela incorporação de características da natureza à obra. Neste sentido, foram escolhidas plantas de flora local: macieiras, em homenagem ao município de Veranópolis, reconhecido como o berço nacional da maçã.

USO CONSCIENTE DOS RECURSOS HÍDRICOS

As biovaletas e o piso drenante externos são capazes de absorver, limpar e direcionar mais de 80% da água da chuva para um reservatório de 50 mil litros localizado embaixo do bicicletário. Este recurso será reutilizado tanto para a irrigação das plantas quanto para a descarga dos vasos sanitários, o que reduzirá em mais de 70% o consumo de água potável da agência. Também há medição de água setorizada nas principais unidades do prédio, de forma a otimizar a gestão do consumo e identificar e corrigir eventuais vazamentos com agilidade.

ACESSIBILIDADE

A agência Sustentável localiza-se junto ao nível da rua para facilitar o acesso. Também possui elevador para o deslocamento entre os seus dois pisos. Se a preferência for por utilizar a escada, o associado encontrará degraus não muito altos, apoio de corrimão e área de descanso entre os dois lances. Vale comentar que o elevador é regenerativo, ou seja, sempre que for utilizado gerará energia em uma bateria, reduzindo os gastos de eletricidade em 75%, quando comparado com elevadores tradicionais.

CAPACITAÇÃO DOS COLABORADORES

A fim de ampliar o conhecimento sobre os conceitos sustentáveis, todos os colaboradores das agências de Veranópolis realizaram uma capacitação com um profissional da área.

Foto: Francis Fantoni